Se a sua pele não amar, devolva em até 30 dias.

Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

Image caption appears here

Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

Image caption appears here

Inchaço nos olhos: perigo ou retenção normal de líquidos?

  • 2 min ler

Acordar com as pálpebras ligeiramente inchadas é normal. Mas, em alguns casos, pode ser algo mais sério. Saiba diferenciar quando o inchaço nos olhos é sinal de perigo ou apenas retenção natural de líquidos.


Outras condições e situações também podem provocar a retenção de fluidos nessa região tão nobre e delicada do rosto. Chorar por muito tempo, sofrer um trauma mecânico ou químico, alergias e até doenças como herpes ocular, conjuntivite e tersol, são algumas delas.

Muitas horas na frente da tela do computador ou do celular também levam à retenção de líquidos na região dos olhos. Assim como noites anteriores mal dormidas, alimentação desequilibrada, ambientes poluídos e até cosméticos contendo substâncias irritantes.

Como saber se o inchaço nos olhos é sinal de perigo ou apenas retenção normal de líquidos?

A primeira coisa é observar se o inchaço é eliminado dentro de algumas horas. Se ele persistir, vale investigar melhor.

Sinal vermelho

Se os sintomas envolvem coceira, ardência, dor, lacrimejar constante e secreção ocular, não espere para consultar um oftalmologista. É ele que pode dar o diagnóstico correto e iniciar rapidamente o tratamento curativo, evitando danos que podem ter consequências irreversíveis, como a perda parcial ou total da visão.

Sinal verde

Descartadas as hipóteses de doenças ou lesões, algumas medidas simples ajudam a desinchar a região dos olhos.

01. Use cosméticos hipoalergênicos para o rosto e para a área dos olhos – eles minimizam as chances de inchaço por sensibilidade ocular.

02. Capriche na higiene das lentes de contato, caso as use. E lembre-se de cuidar também do estojo onde elas são guardadas para evitar a contaminação microbiológica.

03. Faça compressas frias com soro fisiológico ou com fórmulas especificas para realizar a vasoconstrição nas pálpebras e acabar com a retenção hídrica no local.

04. Fique longe de sal em excesso e de alimentos muito processados.

05. Ajude os gânglios linfáticos a drenar o excesso de líquidos fazendo uma massagem com movimentos bem simples:

Com as pontas dos dedos médios, pressione delicadamente os cantos internos dos olhos.
Mantendo a mesma pressão, suba em direção às pálpebras superiores até chegar às laterais do rosto.
Repita o mesmo movimento nas pálpebras inferiores, indo do canto interno às laterais do rosto.
Faça essa autodrenagem por três vezes e observe como o inchaço vai diminuindo.

E vem novidade por aí! Em breve, mais um produto facial da Riô. Uma fórmula ultratecnológica pra eliminar o inchaço dos olhos, reduzir bolsas e olheiras logo cedo.

E por falar em olheiras, você sabe como elas se formam? Toque aqui e descubra.

______________

Vale lembrar que as informações deste texto não representam nenhum tipo de recomendação médica, nem substituem a importância de você consultar um dermatologista.

Busca