Se a sua pele não amar, devolva em até 30 dias.

Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

Image caption appears here

Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

Image caption appears here

O que é um antiacne de última geração

  • 3 min ler

Mais que inibir micro-organismos oportunistas, é preciso proteger os micróbios do bem para manter o microbioma da pele equilibrado. Entenda como as fórmulas modernas funcionam.

Por Riô Biocosméticos

A acne é uma inflamação que acontece quando os poros dos folículos pilosos ficam obstruídos por sebo e células mortas. Ela pode se manifestar de diversas maneiras – desde cravos e espinhas a cistos maiores que causam dor.

Além de se manifestar de formas diferentes, a acne possui graus distintos, conforme a gravidade da inflamação.

Os graus da acne

A acne de Grau 1 é chamada de comedão ou cravo. Sabe aqueles pontinhos pretos aparentes? Eles são cravos abertos. Quando os pontinhos são brancos, os cravos estão fechados.

A acne de Grau 2 é a espinha. Nesse estágio, o comedão evoluiu e formou uma ferida inflamada, avermelhada, geralmente, contendo pus.

Nesses dois graus, a acne pode ser tratada com fórmulas cosméticas.

Quando a acne é de Grau 3 (lesões nodulares e císticas) ou Grau 4 (abscessos e fístulas), é necessário medicação e, aqui, o acompanhamento de um dermatologista é imprescindível. Ele vai receitar remédios e acompanhar de perto o tratamento, muitas vezes pedindo exames de sangue.

Como a acne se forma

Apesar de ter graus diferentes, toda acne começa da mesma maneira: com a hipersecreção sebácea.

Quando as glândulas sebáceas produzem muita gordura, o excesso de sebo dilata os poros onde ficam os folículos pilosos. Este excesso de sebo fica lá, depositado, e vai se acumulando. Só que ele não fica sozinho, pois, nos poros, nós também temos células mortas, que possuem proteína. É essa mistura de gordura e proteína que atrai micro-organismos oportunistas. Entre eles, o Propionibacterium acnes, que colabora para o surgimento da acne.

Conforme os micro-organismos oportunistas vão chegando para o banquete de gordura e proteína (e vão se proliferando!), nossas células de defesa tocam o alarme pra avisar que temos visitas indesejáveis.

Pra nos proteger, o extrato córneo (a camada externa da pele) começa a agir, tentando impedir que mais micro-organismos oportunistas cheguem pro jantar. Como ele faz isso? Criando uma espécie de cápsula que fecha todo mundo lá dentro: a gordura rancificada, a proteína e os bichos do mal que já conseguiram se instalar.

Se não fizermos uma ação seborreguladora, a hipersecreção sebácea continua. Os micro-organismos nocivos vão penetrando mais e mais nas camadas internas da pele e as nossas sentinelas, os mastócitos, começam a desencadear cascatas de substâncias anti-inflamatórias. Aí, o quadro pode ir se agravando.

Como agem os produtos antiacne

Bem, você já deve ter percebido que regular a produção de sebo é fundamental pra prevenir a acne. Afinal, se a glândula sebácea não fabrica gordura demais, os poros não ficam obstruídos pela mistura que atrai micro-organismos oportunistas (o banquete de sebo + proteína).

Mas os produtos antiacne vão além da seborregulação: eles possuem substâncias que criam um ambiente inóspito para as bactérias e os fungos que causam a acne. Uma dessas substâncias é o ácido salicílico, bastante usado em formulações mais tradicionais.

No entanto, as fórmulas cosméticas mais modernas agem de maneira muito mais inteligente. Além de regular a produção de sebo e inibir micro-organismos oportunistas, elas protegem os micro-organismos do bem – o nosso microbioma positivo.

Esta é uma das grandes revoluções que está chacoalhando a indústria da beleza e definindo quem está na vanguarda cosmética e quem está ficando pra trás.

O Sérum Biofirmador Matificante facial da Riô Biocosméticos conta com tudo isso: fórmula de última geração, com ingredientes inéditos no Brasil, e que alia hidratação, seborregulação, ação antimicrobiana e propriedades que equilibram a flora bacteriana da pele.

Ansiosa pra conhecer? Garanta o seu aqui!

Quer entender por que cosméticos pró-bioma como os da Riô são a escolha mais inteligente pra sua pele? Toque aqui pra ler!

______________

Vale lembrar que as informações deste texto não representam nenhum tipo de recomendação médica, nem substituem a importância de você consultar um dermatologista.

Busca